MotorDream

Testes

Teste: Volvo S60 - Poder sob controle

26/05/2019 16:12  - Fotos: Divulgação
Envie por email

Teste: Volvo S60 -  Poder sob controle

Novo Volvo S60, que chega ao Brasil no começo do próximo semestre, é forte, seguro e divertido

 

por Astrid Zapata

do Autocosmos.com

exclusivo no Brasil para Auto Press

 

A chegada do novo Volvo S60 ao Brasil está marcada para o início do segundo semestre. Ou seja, algo entre julho e agosto, provavelmente. No entanto, foi possível conferir como o sedã esportivo roda em um passeio entre a fábrica de onde o três-volumes será exportado para a América Latina, no estado norte-americano da Carolina do Sul, até Manhattan, em Nova Iorque. Um trajeto de cerca de 1.300 quilômetros, capaz de testar as capacidades esportivas e os aparatos de segurança disponíveis na configuração T6 R Design AWD.

 

 

A variante traz, sob o capô, um 2.0 biturbo de quatro cilindros que entrega 316 cv e 40,8 kgfm de toque máximo, acoplado a uma caixa automática de oito relações. Com esse conjunto, o carro é capaz de partir do zero e alcançar 100 km/h em 6,3 segundos. Diferentes versões recebem o mesmo motor, mas com potência superior ou inferior, dependendo da proposta. Graças à plataforma Scalable Product Architecture (SPA), que reduz consideravelmente o peso dos veículos, é possível incorporar variantes híbridas aos modelos sem complicações.

 

 

Um dos pilares da Volvo, o investimento em segurança é notório no S60. Assim que o motor é ligado, uma varredura é feita em todos os sistemas presentes no carro, função que se mantém novamente ativa depois que se excede a velocidade de 4 km/h. Este sistema é chamado de City Safety e, assim como o crossover XC40, inclui freios ABS, controle de estabilidade, detecção de pedestres, objetos e animais na pista e freio de emergência autônomo. O pacote Pilot Assist, que contém controle de velocidade de cruzeiro adaptativo, traz alerta de ponto cego e de mudança involuntária de faixa.

 

 

Por dentro, o S60 se parece bastante com os outros modelos da gama da Volvo. O acabamento traz detalhes em alumínio no painel e tela central no formato vertical, com funcionalidade similar à de um tablete. O painel de instrumentos é digital e há head-up display colorido. A central tem compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto e climatizador de três zonas para a versão T6 AWD – na de topo T8 Polestar, que é híbrida, são só duas zonas, por conta da montagem da bateria (Colaborou Márcio Maio/Auto Press).

 

Primeiras impressões


Agressividade com elegância

 

Carolina do Sul/Estados Unidos – De cara, a nova geração do Volvo S60 ostenta um desenho muito mais limpo e moderno, que o distancia bastante de seus antecessores. Assim como acontece com o SUV XC40, é um carro que atrai olhares nas ruas. O conforto interior é abundante, mas falta espaço no console central para se colocar os objetos que normalmente são necessários para os motoristas. Nada tão alarmante, e convém frisar que a cabine é muito bem pensada e feita com materiais visivelmente de muito boa qualidade.

 

 

Um dos pontos que certamente se destacam no habitáculo é o sistema de som. Além da conectividade com Apple CarPlay e Android Auto, é assinado pela Bowers & Wilkins, sendo uma réplica exata da acústica da sala de concertos em Gotemburgo, na Suécia. Na prática, o carro se torna um ambiente ideal para se desfrutar de uma boa música.

 

 

O cluster de instrumentos é digital e tem head-up display. Em movimento, há uma sensação de condução sofisticada, que está longe da agressividade de alguns de seus rivais. O que não significa falta de agilidade ou de diversão. A estabilidade nas curvas é excelente, porque é adequadamente plantada ao se enviar energia para o eixo dianteiro. Quando necessário, a traseira também recebe torque, o que reduz a sensação de oversteer – que é quando um carro esterça mais do que o ângulo que o motorista vira o volante – ao sair de uma curva.

 

 

A aceleração é linear e fornece energia suficiente para retomadas e ultrapassagens. Assim como o XC40, o sedã oferece uma direção precisa, que se torna mais rígida à medida que o velocímetro sobe. Como consequência, é notável a sensação de segurança ao se pisar mais fundo no pedal direito. Os freios executam eficientemente seu trabalho, não é necessário exercer muita pressão para começar a sentir esse processo de desaceleração. Algo que é sempre bom testar antes de se aventurar em uma viagem longa, principalmente em caminhos desconhecidos.

 

 

TRÂNSITO LIVRE

todos

Comentários

Não há comentários para este artigo.

Para postar comentários é necessário ser cadastrado no nosso site. Deseja se cadastrar gratuitamente?

Motor Dream
MotorDream - Rua Barão do Flamengo, 32 - 5º Andar - Flamengo
Rio de Janeiro - RJ - Cep: 22220-080
Telefone: (21) 2286-0020 - Fax: (21) 2286-1555

Copyright © 2019 - Todos os direitos reservados.
GEO: -22.932985, -43.176320
Webroom Soluções Interativas